SFP na Comissão Parlamentar da Saúde


Os Sindicatos representativos dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica (SFP, STSS e Sindite) foram ouvidos ontem, na Comissão Parlamentar da Saúde, após aprovação do requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda, em que solicitava a audição das estruturas sindicais acima referidas, sobre "o reconhecimento das suas carreiras profissionais na A.P. e o pagamento condigno do trabalho que fazem". Na audição, presidida pelo deputado do PSD, José Matos Rosa, estiveram presentes os deputados do PS, Luis Soares e António Sales, o deputado do PSD, Luis Vales, a deputada do CDS, Isabel Galriça Neto, os deputados do BE, Moisés Ferreira e Jorge Falcato e a deputada do PCP, Carla Cruz. Os Sindicatos estiveram representados por João Paulo Pequito Valente, Presidente do SFP, Luis Dupont e Fernando Zorro, respetivamente Presidente e Vice-Presidente do STSS, e Dina Carvalho e João Paulo Pereira, respetivamente Secretária-Geral e Secretário Nacional do Sindite. Após as questões levantadas pelos deputados, os dirigentes sindicais esclareceram de forma elucidativa as razões das reivindicações apresentadas, e de que forma têm decorrido as negociações com o Ministério da Saúde, denunciando mais uma vez a evidente injustiça a que estes profissionais têm sido sujeitos. (Vide gravação no link em baixo - intervenção do SFP, 42:30) Os Sindicatos continuam assim a lutar, por todos os meios disponíveis, para que sejam alcançados os objetivos de uma carreira condigna. No entanto, essa luta só terá força e efeitos se tiver a participação dos trabalhadores, nomeadamente nas formas de luta atualmente em vigor.

Por essa razão é fundamental que os fisioterapeutas da Administração Pública continuem a lutar. É o seu futuro que está em jogo.

Audição dos Sindicatos

#Carreiras #FunçãoPública #TSDT #Saúde

173 visualizações

© 2020 SFP - Sindicato dos Fisioterapeutas Portugueses

  • Facebook SFP
  • LinkedIn SFP