Greve/Manifestação de 21/2 - Grande adesão


Estamos todos de parabéns pela enorme adesão à maior MANIFESTAÇÃO de sempre dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica da Administração Pública, sendo de realçar a forte presença de fisioterapeutas. Mostrámos a nossa revolta e a nossa indignação pela publicação do DL 25/2019, com regras de transição e contagem de tempo de serviço injustas, e uma grelha salarial sem paridade com outras carreiras de igual exigência habilitacional e profissional. Esta ação de luta e repúdio só foi possível devido ao empenhamento e espírito de sacrifício de todos quantos nela participaram ativamente, bem como dos que ficaram a assegurar os serviços mínimos. A todos, a nossa gratidão.

Com início no Palácio de Belém, demonstrámos a nossa indignação pela ausência de resposta do Presidente da República ao pedido de audiência, apelando a uma fiscalização preventiva do nosso diploma.

Durante A MANIFESTAÇÃO, na A.R., deputados de vários partidos, nomeadamente do PSD, BE e PCP, falaram com dirigentes sindicais e colegas. Neste contacto, os dirigentes sindicais foram informados que, além do BE, também o PCP irá avançar com um pedido de apreciação parlamentar do nosso diploma. Igualmente o PSD foi sensibilizado, por parte dos dirigentes sindicais e restantes colegas, a pedir também a apreciação parlamentar, ou, em alternativa, apresentar propostas de alteração ao DL 25/2019, em concordância com a proposta feita pelo último governo (PSD/CDS) aos sindicatos, quando o diploma estiver em discussão. Marcaram também presença os Secretários-Gerais das duas Centrais Sindicais Nacionais, Carlos Silva, pela UGT e Arménio Carlos, pela CGTP-IN.

No final da MANIFESTAÇÃO, os Presidentes dos Sindicatos que constituem esta frente sindical, foram recebidos pelo Senhor Vice-Presidente da AR, em representação do Senhor Presidente da AR, que se mostrou sensível às nossas reivindicações, afirmando que, efetivamente, faz todo o sentido o nosso pedido, uma vez que também entrou na AR uma petição de apoio às nossas reivindicações, com milhares de assinaturas. O Parlamento está disponível para analisar o nosso pedido, e depois caberá aos partidos decidirem.

Continuaremos a pressionar todos os partidos políticos com assento parlamentar, e não desistimos de exigir que se faça justiça a estes profissionais. Perante a adesão grandiosa a esta ação de luta, decidimos solicitar uma audiência urgente ao Primeiro-Ministro. Contamos com todos para as lutas que se avizinham.

Video da manifestação à saída de Belém:

#Greve #Manifestação #Carreiras #TSDT

141 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 SFP - Sindicato dos Fisioterapeutas Portugueses

  • Facebook SFP
  • LinkedIn SFP